Sammy Hagar dá a entender que o Van Halen vai acabar

Dizem que a esperança é a ultima que morre.

Porém, se os fãs ainda alimentam uma esperança, o vocalista Sammy Hagar parece que faz questão de ajudar a " matar " essa esperança.

Em uma entrevista na Radio Norte Americana, KSHE-FM, o vocalista comentou que não existem quaiquer planos para vindouras atividades com o grupo, e ainda reforçando que seu trabalho com o Van Halen " já esta concluído ".

Quanto ao seu relaciomento com os membros da banda - especialmente com o guitarrista Eddie Van Halen, apontado como principal motivo dos conflitos na banda - , o vocalista disse que ele e o baterista Alex serão sempre amigos.

Ja os negocios com sua banda solo parecem ir cada vez melhor.

Hagar disse que esta preparando uma grande turnê com o Waboritas ( sua banda solo ), que terá incio nos proximos meses, além ter construido seu próprio estúdio, o Red Rocker Recording Studio.

É, quem pode pode...

Para a inauguração do novo estúdio, o vocalista fez questão de gravar uma nova música, que na realidade, é um cover de uma banda dos anos 70, o Staple Singers.

A canção que originalmente se chama " Let me take you there ", teve seu título alterado por Sammy Hagar, se chamando agora " I´ll take you there ".

Para ouvir a canção, Clique aqui e ouça a demo da música.

Para os fãs do Van Halen, Sammy Hagar jogou um balde de água fria, mas para os fãs de Waboritas, sua banda solo, Sammy Hagar fez questão de dar ênfase à um futuro promissor da banda.

 



Escrito por Metallicaman às 22h39
[] [envie esta mensagem]



Edu Falaschi agendando Workshows para Julho

O vocalista do Angra, Edu Falaschi se mostra um músico cada vez mais maduro, competente e experiente.

Com a técnica vocal cada vez mais afiada, Edu ja esta se transformando em um dos considerados " Maiores vocalistas do Brasil e do Mundo ".

Sendo assim, Edu Falaschi esta agendando datas para Workshows de técnica vocal, que serão realizados em todo o Brasil, à partir de Julho.

Várias cidades ja fazem parte da lista de destino do vocalista, dentre elas São Paulo, Salvador, Recife, Rio de Janeiro, Fortaleza, Campina Grande e Indaiatuba.

Relembrando também que, recentemente o vocalista levou o prêmio de 2º melhor vocalista do Mundo, pela revista japonesa " Burrn! ".

E não é só isso!!! Edu também ficou em 1º lugar em todas as pesquisas feitas no Brasil.

Para os interessados em contratar este grande vocalista, mande um email para: efalaschi@bol.com.br



Escrito por Metallicaman às 22h03
[] [envie esta mensagem]



Grande festival no Brasil, em Outubro

Esta sendo planejado um mega festival no Brasil, em Outubro, intitulado " Live´n Louder ".

Esse mega festival conta com bandas grandes, do porte de Scorpions e Nightwish, essas 2 bandas que inclusive ja confirmaram as datas em seus respectivos sites Oficiais, confiram:

08.10.2005 LIVE`N`LOUDER festival Mexico City - Mexico
12.10.2005 LIVE`N`LOUDER festival Santiago de Chile - Chile
15.10.2005 LIVE`N`LOUDER festival Sao Paulo - Brasil

Esse festival esta sendo comentado no país todo, e boatos dizem que ja foram confirmadas também, as participações do Testament, Angra e The 69 Eyes, e que a ideia desse festival seria algo como um Open Air ( aquele famoso festival Europeu ).

Só nos resta esperar, com muita anciedade, pois, se esse festival for mesmo nos moldes de um " Open Air ", posso dizer com tranquilidade que o Brasil ja não ve festivais como esse faz muito tempo.

É o Brasil novamente na mira das grandes bandas e dos grandes festivais.



Escrito por Metallicaman às 22h54
[] [envie esta mensagem]



Notícia boa para os fãs de Black Sabbath e Heavy Metal

Uma das maiores " celebridades " do metal , o maluco Ozzy Osbourne comentou algo que deixará todos os fãs de Black Sabbath e Heavy metal felizes.

Ozzy disse que quer lançar um album inédito com o Black Sabbath, porém não entrou em detalhes.

É, o " mister Madman " esta fazendo suspense...

Ozzy disse apenas: " Eu quero outro album do Sabbath. E também quero fazer outro album solo. "

Particularmente estou empolgado com as poucas palavras de Ozzy, que apesar de todo suspense feito, acho que " falou pouco, mas falou bonito ".

Vamos ver como será a volta do Black Sabbath, e o futuro album solo de Ozzy Osbourne.

Os pais do Heavy Metal finalmente voltaram!

 



Escrito por Metallicaman às 22h30
[] [envie esta mensagem]



Masterplan - Um verdadeiro bombardeio Heavy Metal

 

A maioria das pessoas conhecem a historia polêmica do Masterplan: O guitarrista Roland Grapow e o baterista Uli Kusch foram demitidos do Helloween, pelos conflitos internos existentes na banda, em 2001.

Porém, ao invez de ficarem " chorando o leite derramado ", estes 2 grandes músicos da cena do metal partiram para outra.

Começaram a trabalhar em um projeto ( que até então, seria um mero projeto paralelo, nada sério, a ponto de ser tonar um sucesso mundial ), que mal sabiam eles, mas que iria vir a ser uma das maiores bandas de metal do mundo, o Masterplan.

Sairam em busca de novos músicos, e não poderiam ter encontrado melhores, pois a banda se tornou num quinteto super potente, uma verdadeira " orquestra ", formada por: Jorn Lande ( vocais ), Roland Grapow ( guitarra ), Uli Kusch ( bateria ) , Jan S Eckert ( Baixo ) e  Janne Wirman ( teclado ), esse que logo após ter gravado todas as partes de teclado no album, foi substituído por Axel Mackenrott.

Hoje, o Masterplan se tornou uma família, onde todos podem expressar suas ideias nas músicas, onde não há mais conflitos ( como havia na época do Helloween ).

O Masterplan é mais uma prova de que a união faz a força, pois em tão pouco tempo, o Masterplan explodiu com sucesso mundial, e se tornou uma das melhores e mais importantes bandas de Metal do Mundo ! ( Detalhe, o Masterplan foi definitivamente formado - completo - em 2003 ).

Em 2003 Lançaram o primeiro e incrivel album, o " Masterplan ". Um verdadeiro classico! A banda saiu em tour mundial, tendo passado inclusive pelo Brasil!

As vendas do primeiro album foram altissimas, e a tour obteve uma resposta maravilhosa do público.

Na entrevista à seguir, o guitarrista da banda, Roland Grapow fala sobre o sucesso inesperado da banda, novo album, o futuro da banda, entre outras coisas interessantíssimas que ele revelou nessa entrevista de alto bom humor.

Confiram a entrevista feita pela revista Rock Brigade deste mês:



Escrito por Metallicaman às 16h03
[] [envie esta mensagem]



 ( Na foto Roland Grapow )

Rock Brigade: O primeiro album do Masterplan foi um tremendo sucesso de público e crítica. Depois da sua conturbada saída do Helloween, jutamente com o Uli, você esperava alcançar tamanha repercussão assim tão rapidamente?

Roland Grapow: Honestamente? Não mesmo ( risos )! Ficamos realmente surpresos com o sucesso do primeiro disco. É claro que trabalhamos muito duro para fazer um bom trabalho, mas, sabe como é, era o nosso primeiro album apenas. Desde o inicio, sabíamos que era importante gastarmos toda a nossa energia no que estavamos fazendo, pois só assim teriamos alguma chance de sermos bem sucedidos. Afinal, o mercado fonografico ja não é mais como era antigamente. Assim, mesmo se você ja tocou numa banda conhecida e estabelicida, como o Helloween, isso não significa que terá uma vida estável e vendas de discos garantidas para sempre. Por isso, nós decidimos que deveriamos fazer algo realmente forte logo de inicio. Porém, é claro que, mesmo assim, ficamos surpresos quando vimos a reação das pessoas e as boas vendagens. Os fãs e a imprensa adoraram o disco e foi muito bom quando isso aconteceu.

RB: É realmente bom quando um primeiro disco é tão bem sucedido? Ou um sucesso menor é preferivel, ja que, nesse caso, não rola tanta pressão para que o segundo seja tão bom quanto o primeiro?

Grapow: Nossa filosofia é: trabalhar muito duro sempre. Bem alemão isso ( risos ). Eu acho que está somente em nossas mãos sermos ou não sermos bem sucedidos. Cabe apenas aos integrantes da banda fazer um trabalho que se traduza em boas vendagens e em críticas positivas. Tanto que nós nem temos empresarios, não tem ninguém à nossa volta nos dizendo o que devemos ou não fazer. Por isso, eu acho que as discussões entre os músicos e as decisões que tomamos à respeito da direção que devemos tomar na hora de compor é que decidem se um album será bem sucedido ou não. Assim, Se trabalharmos ainda com mais afinco no proximo disco, ele tem tudo para ser mais bem sucedido que o anterior. É uma situação totalmente diferente do que acontecia no Helloween. No Helloween, as coisas eram muito relaxadas pro meu gosto, nós eramos muito seguros de nós mesmos. Isso pode ser complicado, pois as pessoas pagam um bom dinheiro para comprar o seu cd, e por isso, elas querem ouvir algo que seja forte, bem produzido e bem mixado. Além disso, nós também queremos fazer um produto do qual nos orgulhemos, e isso exige esforço. Essa é a chave para se fazer um disco de sucesso na minha opinião.

 ( Capa do novo album do Masterplan, Aeronautics ).

RB: Mas, mesmo assim, vocês chegaram a se sentir precionados pela necessidade de fazer o segundo trabalho que fosse tão bem recebido quanto o primeiro?

Grapow: Sim, é claro que sim! Muitas pessoas nos perguntavam: " Mas, e agora? Como é que vocês vão conseguir fazer algo melhor do que esse primeiro album? É impossível! ". Até mesmo a nossa gravadora disse pra gente: " Bem, sabemos que é dificil, mas tomara que vocês consigam fazer um disco novo tão bom quanto o primeiro ". Eu só respondia: " Já, já, já " ( risos ). Ou seja, é claro que rolou uma certa pressão sobre nossos ombros. Porém, quando comecei a compor as músicas, pensei comigo mesmo: " Ah, relaxa, você não pode mais mudar o mundo ". Mesmo porque, nós não queriamos simplesmente reescrever o primeiro album, nosso intuito era fazer algo novo e que soasse de algum modo inovador. Afinal, agora eram 5 compositores. No primeiro album, o Jorn só se juntou a nós quando ja estavamos no meio das gravações, mas desta vez ele estava lá desde o inicio. Enfim, era uma situação totalmente diferente. Além disso, como agora a banda ja estava formada e tudo mais, nós nos sentiamos mais seguros para compor. Na época do primeiro disco, tudo foi feito basicamente por mim e pelo Uli. Nós começamos o Masterplan apenas como um projeto e só quando o disco ja estava terminado é que vimos que seriamos uma banda ( risos ).

RB: Este album tem uma veia progressiva muito mais evidente do que o primeiro, além de muitas influências de Hard Rock. De onde vieram essas novas sonoridades??

Grapow: Não sei. Tudo ocorreu neste album de forma bastante natural. Houve a influencia marcante do Jan e do Axel, eles trouxeram suas proprias influencias, e elas deram ao disco uma nova dimensão. Os 2 tem uma forma de compor que remete bastante ao Hard Rock. Quanto ao fato de haver esta veia mais progressiva, eu sinceramente não sei a razão. Talvez seja porque eu e o Uli tenhamos passado por momentos muito ruins depois da nossa primeira Tour com o Masterplan. Eu me separei da minha esposa e ele terminou com a namorada dele. Esse é o tipo de coisa que muda sua percepção das coisas. Não que tenhamos nos tornado pessoas negativas ou decepcionadas com a vida, mas somos seres humanos e nossos sentimentos acabam sendo refletidos na música que fazemos. De modo geral, eu sempre tento escrever canções positivas e há varias melodias positivas neste album, mas, no que se refere à estrutura e ao formato final das músicas, de fato há uma tendencia mais progressiva em diversos momentos. Acho que o melhor exemplo é " Black in the Burn ". É uma música longa, que obviamente possui um monte de variações, muitas delas com influencia de Rock Progressivo. No refrão, há uma melodia bem feliz, que até remete ao Helloween, mas, de resto, há partes totalmente modernas e razoavelmente pessimistas. Mas eu gosto disso, acho importante que tenhamos altos e baixos em nossa música, isso a torna mais empolgante. Não tem nada mais chato, na minha opinião, do que vc pegar um disco pra ouvir e encontrar um único tipo de emoção da primeira à ultima faixa. Sabe, essas bandas que só fazem músicas com bumbo duplo?? Ou que só tem canções Midi-tempo?? Pois é, acho isso muito entediante.



Escrito por Metallicaman às 15h56
[] [envie esta mensagem]



 

RB: As baladas do disco novo tem uma forte influência de Whitesnake, na minha opinião. Será que é um reflexo desses relacionamentos rompidos porque você e o Uli passaram? Afinal, acho que ninguém tratou de amores perdidos ou que não deram certo com mais frequencia do que o David Coverdale.

Grapow: Se bem que eu acho que a coisa mais Whitesnake que nós ja fizemos tenha sido a última música do primeiro disco ( When Love Comes Close ). Total Whitesnake aquilo ( risos ). Até porque, o Jorn cantou bem ao estilo de David Coverdale. Porém, neste disco novo, eu sinceramente não sinto que essa influencia seja assim tão evidente. O Jorn tem procurado seu estilo próprio, não esta mais cantando agudo e limpo o tempo inteiro. Ele tem se esforçado para melhorar seus vocais a para construir suas interpretações como se fossem pirâmides: de modo geral, ele começa cantando bem calmamente, tranquilo mesmo, daí no meio das canções ele começa a mostrar potencia, especialmente nos refrãos, chegando a um final como se fosse uma explosão, com gritos e tudo mais. No primeiro disco, ele ja começava direto neste último estagio e talvez tenha havido um certo exagero. De qualquer modo, é uma questão de gosto, pois também achei muito bom o que ele fez no album anterior.

RB: E ele é novamente um dos grandes destaques neste disco novo. O trabalho vocal do cara em todas as músicas é realmente impressionante.

Grapow: Com certeza. Estamos muito contentes em te-lo conosco! Acho que, com as músicas que escrevemos e com um vocalista como ele, somos realmente uma banda poderosa. Eu sinceramente sinto que existe algo de mágico nessa banda e eu não poderia estar mais feliz de ter esses caras ao meu lado fazendo música comigo.

  ( Na foto, o Line up atual da banda ).

RB: E quanto a sua performance como guitarrista nesse disco? Você esta totalmente satisfeito com ela ou, quando escuta o CD agora, gostaria de mudar alguma coisa?

Grapow: Sim, estou muito satisfeito com as guitarras deste disco. Para mim, o mais importante era que conseguíssemos deixar o timbre bem agressivo. Eu ja venho trabalhando com uma sonoridade mais brutal desde " The Dark Ride ", do Helloween, e no primeiro album do masterplan mantive esse direcionamento. Daí, queria fazer o mesmo no disco novo, pois, antes de " The Dark Ride ", eu nunca tinha ficado muito feliz com o timbre que as minhas guitarras tinham, ele era muito " fininho ", na minha opinião. Quanto à minha performance individual. sei lá, não sou mais aquele tipo de guitarrista cuja maior preocupação é impressionar outros guitarristas ou revistas direcionadas a guitarristas. Um dos meus maiores ídolos é Brian May e ele era o tipo de guitarrista que fazia o que tinha que fazer para que uma determinada música funcionasse, nada além disso. Ele nunca se importou em ficar mostrando como era bom. E isso também não é nem um pouco importante para mim. Para mim, o que importa é a música como um todo, é fazer com que tudo esteja no lugar certo. Tanto que muitas faixas desse disco nem ao menos possuem solos, apenas algumas melodias e harmonias de fundo. É claro que " Black in the Burn " ja é uma historia diferente, com muitos solos e tal, mas eu definitivamente não me importo mais em ser um desses guitarristas que acabam conhecidos pelos solos. Não tenho mais interesse por esse estilo clássico de se tocar guitarra numa banda de Heavy Metal.

RB: As críticas ao novo disco têm sido excelentes em todos os lugares, as pessoas dizem apenas coisas positivas sobre ele. Na sua opinião, o album é assim tão bom mesmo?

Grapow: Bem, é claro que eu quero que meu disco venda, por isso, é melhor eu dizer apenas coisas positivas sobre ele ( risos ). Mas, falando sério, eu não acho que ele seja um album perfeito, pois realmente não é. No entanto, para o momento, para a situação atual que temos na banda, ou seja, termos finalmente nos tornado uma unidade depois da turnê, ele é perfeito, sim. Eu sinceramente acho que, no futuro, o Masterplan pode vir a fazer um trabalho ainda mais poderoso e relevante, mas, para o momento, Aeronautics é perfeito. Eu só espero que as pessoas o comprem, ao invés de o baixarem da Internet ( risos ). Se elas decidirem comprar, nós poderemos continuar comprando comida e pagando o aluguel, o que irá garantir que a banda permaneça junta por muitos anos ainda. Se isso acontecer, tenho certeza de que ainda faremos muitos albuns excelentes, no nível daquilo que procurarmos. Mas não me entenda mal, eu amo o disco novo e também o primeiro. Eles mostram onde a banda estava quando foram feitos, são reflexos de nossos momentos.

 



Escrito por Metallicaman às 15h30
[] [envie esta mensagem]



RB: Antes do lançamento do disco, vocês lançaram um EP ( Back for my life ) com algumas faixas que não esão no Aeronautics. Elas foram feitas exclusivamente para esse Ep ou foram originalmente gravadas para o album mesmo, não tendo sido incluídas neles por algum motivo?

Grapow: Elas foram escritas e gravadas para o album. Nós nunca compomos pensando pra nós mesmos: " Agora eu estou compondo uma música que vai ser apenas um lado B. " Não conseguimos trabalhar assim. Mas, por algum motivo, elas acabaram não entrando do album. Nesse sentido, nós demos total poder de decisão para a gravadora, foi ela quem decidiu o que entraria onde. Assim, uma música excelente como " Killing in the Time " acabou indo para o EP e ficando de fora do disco, pois ela é um pouco progressiva demais e não se encaixava no modelo que a gravadora tinha na cabeça de como o álbum deveria ser e soar como um todo.

 ( Capa do EP comentado por Roland, lançado em 29/11/2004 ).

RB: Falando da arte do novo disco, ela é toda baseada em aviões antigos e coisas do tipo. Aliás, o proprio disco se chama Aeronautics. De onde surgiu esse conceito?

Grapow: A idéia partiu do Jorn, pois ele é o autor de todas as letras desse disco. Eu apenas escrevi algumas partes de Wounds, Mas o resto é todo dele. Mas, enfim, o que rolou é que o Uli escreveu uma música, Crimson Rider, e desde a pré produção ele ja tinha incluido aquela mesma introdução da versão que esta no album, com um motor sendo ligado, como se fosse num velho Fokker. E isso acabou inspirando o Jorn a escrever uma letra sobre o Barão Vermelho para colocar nessa música. Ele gosta muito dessas historias antigas, especialmente historias relacionadas à Primeira Guerra Mundial e aos armamentos utilizados na época. Mas não se trata de uma música bélica, nada disso! De qualquer modo, ele ficou com esse conceito na cabeça e ficava o tempo todo dizendo que deveríamos fazer algum tipo de arte baseado nele. Então, falamos com a gravadora, eles acharam legal e contratamos o Thomas Ewerhard, que ja tinha trabalho conosco no primeiro album, para fazer tudo pra gente. E é legal, porque é uma idéia que tem tudo a ver com a ideia do primeiro album. Aqui, nós também temos os 4 elementos: a água, o fogo, o ar e a Terra. Ja o título tem a ver com a propria música. Com Aeronautics, nós queremos dizer que nossa intenção é voar para longe dos típicos clichês do Hard Rock e do Heavy Metal. Mesmo que nós tenhamos varios elementos tradicionais desses estilos em nosso som, nosso objetivo é mescla-los e fazer algo que seja novo. Pelo menos é assim que eu vejo essa banda.

Preparem-se! O Materplan esta de volta, e com a carga pesada! Agora é hora de conferir se esse período de shows em torno do mundo e, maior entrosamento fez com que eles amadurecessem mais como banda.

Novo album, novas músicas, nas melhores lojas do país!

 



Escrito por Metallicaman às 15h24
[] [envie esta mensagem]



Confiram a capa do novo album do Dream Theater

O novo album do Dream Theater, intitulado " Octavarium ", esta previsto para ser lançado no dia 7 de Junho deste ano.

Enquanto a anciedade dos fãs por qualquer notícia da banda continua, a banda resolveu matar um pouquinho a curiosidade dos fãs, divulgando assim, a capa do novo Album. ( Como vocês podem conferir acima ).

A capa é linda e " as músicas prometem ", disse o vocalista da banda, James Labrie.

O Set List apresenta músicas com títulos interessantes, o que deixa o fã da banda ancioso para ouvir as músicas, que aparentemente tem letras ótimas.

Confiram o Set List do novo album:

1 - The Root of All Evil

2 - The Answer Lies Within

3 - These Walls

4 - I Walk Beside You

5 - Panic Attack

6 - Never Enough

7 - Sacrificed Sons

8 - Octavarium

Agora, só nos resta esperar para ver o que a maior banda de Metal Progressivo esta preparando.

Falta pouco! Em 7 de Junho, teremos mais uma aula de música, com o novo album do Dream Theater! Aguardem...!



Escrito por Metallicaman às 20h37
[] [envie esta mensagem]



Stratovarius esta de volta, e com as baterias recarregadas

Depois da volta triunfal do Stratovarius, com sua formação classica, eles querem recuperar todo o tempo perdido.

Ja prometeram novo album, e ja estão produzindo um novo single, chamado " Maniac Dance ".

A banda notificou também que nas proximas semanas estarão preparando um novo vídeo para o Single, que será produzido pelo diretor Antti Jokinen, este que ja trabalhou com artistas inumeros e de fama, como: Celine Dion e Shania Twain.

Aí vem a polêmica....

Alguns fãs ja suspeitaram da atitude do grupo contratar o diretor, pelo fato de o diretor ter um currículo com artistas pop. ( Mas, vale lembrar que, ele ja trabalhou também ao lado de bandas como o nigthwish e o Korn, que são 2 bandas do meio Rock / metal ).

O que me deixa chateado ( para não dizer bravo ), é que alguns fãs, ao invés de ajudar a banda, dificultam o trabalho da banda, mesmo antes de ouvirem um resultado.

Porém, o tecladista da banda, Jens Johansson fez questão de justificar a escolha do diretor.

Johansson disse: " Esse vídeo permitirá ao Antti colocar toda sua loucura para fora. Podem confiar em mim, quando eu digo que esse vídeo não terá nada a ver com Celine dion ou Shania Twain ".

Quanto ao novo album, Johansson se mostrou muito empolgado quando se referia a ele.

" “Este álbum não nasceu do modo ‘usual’. De fato, tudo foi diferente desta vez. Algumas das músicas foram bem difíceis de serem mixadas e outras foram bem fáceis”,  disse Jonhansson.

“O material soa novo e fresco. Algumas pessoas ficarão surpresas”, reiterou Johansson.

Como diria meu professor de Química ( na minha época de Colegio ): " É, meus amigos ", o Stratovarius voltou com as baterias recarregadas , e com muitas promessas!

Vamos esperar o novo single, novo vídeo e novo album, que com certeza, serão todos elementos imperdíveis!

 



Escrito por Metallicaman às 22h59
[] [envie esta mensagem]



Ouça a demo da nova música do Def Leppard

 

Uma das melhores bandas de Hard Rock de todos os tempos, o Def Leppard, ja anunciou que irá lançar um novo album esse ano.

Ja divulgaram que será um album de covers, com o repertorio baseado nas músicas de bandas historicas dos anos 70 e 80, como David Bowie, T-Rex, Thin Lizzy entre outros.

Confiram o Repertorio do album com as músicas e as bandas que compuseram as músicas:

1- 10538 Overture   (original do ELO)
2- 20th Century Boy   (original do T-Rex)
3- Don't Believe A Word   (original do Thin Lizzy)
4- Drive In Saturday   (original do David Bowie)
5- Hanging On The Telephone   (original do Blondie)
6- Hellraiser   (original do Sweet)
7- He's Gonna Step On You Again   (original do John Kongos)
8- No Matter What   (original do Badfinger)
9- Little Bit Of Love   (original do Free)
10- Rock On   (original do David Essex)
11- Stay With Me   (original do The Faces)
12- Street Life   (original do Roxy Music)
13- The Golden Age Of Rock & Roll   (original do Mott The Hoople)
14- Waterloo Sunset   (original do The Kinks)

Porém, antes do lançamento do novo album de Covers, o Def Leppard fez uma surpresa.

A banda notificou que lançará uma coletânia " Best of ", intitulada:  Rock of ages - The definitive collection .

Um album duplo que traz 2 músicas inéditas: " No matter what ",um cover da banda Badfinger, e " Waterloo Sunset ", cover da banda The Kinks, adiantando assim, 2 músicas que estarão no novo album de Covers.

E a banda disponiblizou no site oficial ( Def Leppard.com ), a demo da música " No matter what ".

 Clique aqui para ouvir a demo da  música No Matter What, para ver se o tempo passa mais rapido na espera do lançamento do novo album de covers do Def Leppard, ainda sem data de lançamento divulgada.

 



Escrito por Metallicaman às 00h19
[] [envie esta mensagem]



Algo como um ano na vida de Blaze Bayley

O vocalista Blayze Bayley ( Ex Iron Maiden ) esta obtendo uma resposta do público cada vez melhor graças à sua brilhante carreira solo.

E graças a essa resposta, o vocalista rewslveu ir mais longe, agora seu proximo projeto será um lançamento de um DVD.

Em uma entrevista a radio norte americana " Total Rock ", Blaze comentou sobre o novo DVD que esta preparando.

" Esse DVD é algo como um ano na vida de Blaze Bayley ", disse Blaze, definindo seu novo projeto.

O DVD apresentará entrevistas, cenas de " Backstage ", shows e apresentações realizadas por Blaze, no ano passado.

Blaze esta caprichando no novo DVD, colhendo e mixando material ( Para a Tecnologia Surround 5.1 ).

Blaze ainda disse que pretende lançar o DVD no ano que vem.

 



Escrito por Metallicaman às 15h12
[] [envie esta mensagem]



Skid Row preparando novo album

A famosa banda de Hard Rock, Skid Row , informou que ja iniciou a pré produção de seu novo album, com a ajuda do produtor Michael Wagener.

As gravações provavelmente serão iniciadas no " WireWorld Studio ", na cidade de Nashiville ( EUA ).

Enquanto isso, a banda continua sua tour paralelamente com a pré produção do novo album, ja tendo confirmado inclusive, uma apresentação na ilha de Trinidad ( de Trinidad e Tobago ), para o final de Abril.

Para quem não conhece a banda, o Skid Row é mais uma dessas grandes bandas de Hard Rock que fizeram sucesso nos anos 80 e começo dos anos 90, estando no mercado musical ao lado de bandas como: Scorpions, Whitesnake, Def Leppard, Europe, Guns n´ Roses, Extreme, entre outras.

O que será que eles estão aprontando para esse novo album?

Seja o que for, será imperdível!

 



Escrito por Metallicaman às 14h51
[] [envie esta mensagem]



" Mudança " de Single

Depois de muita propaganda feita em cima do novo single " Come alive ", o Helloween decide mudar a primeira música de trabalho.

Agora estão fazendo uma super divulgação do primeiro Single Oficial da banda, intitulado: " Mrs.God " ( vamos ver até quando ), que sairá no dia 4 de Julho.

Junto ao novo single sairá um Video Clip, que será gravado em Maio, na Alemanhã, e mais uma surpresa: uma música que não estará presente no Cd será lançada junto ao novo single e Clip.

Até agora, a banda não confirmou o titulo do novo album, nem se será a terceira parte de " Kepper of the seven Keys ".

Só nos resta aguardar o single, que sairá em Julho. Mas, uma pergunta fica no ar: Será que a primeira música de trabalho do Helloween será " Mrs.God "??

Porque, do jeito que as coisas andam, eu só acredito vendo.

 



Escrito por Metallicaman às 14h30
[] [envie esta mensagem]



W.A.S.P no Brasil, em Junho.

O W.A.S.P. estará em turnê pela América do Sul em junho. A banda passa pelo Brasil no dia 5 de junho, no Via Funchal. Confiram as datas completas logo a seguir:

26 de maio — Mexico City, MEX - Hard Rock Live
28 de maio — Monterrey, MEX – Monterrey Metal Fest
02 de junho — Cordova, ARG - La Vieja Usina
03 de junho — Buenos Aires, ARG - El Teatro
04 de junho — Sao Paulo, BRA - Vua Funchal
05 de junho — Curubita, BRA – Fórum

O grupo está em turnê pelo mundo afora promovendo seu último registro de estúdio, "The Neon God Part 2: The Demise", disponível via Sanctuary Records e Metal-Is.



Escrito por Metallicaman às 19h59
[] [envie esta mensagem]



Michael Kiske esta de volta, e com novo projeto!

O vocalista Michael Kiske, apesar de ter sido esquecido no passado e não ser tão conhecido no presente, tem uma carreira brilhante e muito importante.

Michael kiske ganhou fama e reconhecimento quando substituiu Kai Hansen ( atualmente líder do GammaRay ) nos vocais do Helloween.

Kiske gravou varios albuns com o Helloween, inclusive os classicos: Keeper of the seven Keys part 1 e part 2.

Por motivos religiosos, Michael Kiske saiu do Helloween e partiu para o Pop Rock com varios projetos solos sem sucesso. Por isso foi esquecido no passado, e no presente é pouco conhecido pela nova geração de metaleiros.

Em 2003, Michael Kiske voltou com um novo projeto, a banda " Supared ",que teve um melancolico fim.

Porém, parece que Michael Kiske não desistirá tão facilmente, pois ele esta de volta, e com novo projeto.

Ele acaba de finalizar sua participação no projeto Plave Vandame, formado pelo dono da gravadora Frontier Records, Serafino Perugino.

Boatos dizem que esse será um album mais voltado ao Rock progressivo de bandas como Journey e Foreigner.

Kiske também finalizou 14 faixas, que estarão no repertorio de sua nova carreira solo,e ja esta à procura de uma gravadora que queria lançar esse material.

Kiske também esteve hospotalizado por algumas semanas, devido a problemas estomacais. Mas, o vocalista garante que sua saúde é de aço e que não é nada grave.

Só nos resta esperar para conferir o que Michael Kiske esta aprontando em seu novo projeto solo.

Será que esse dará certo?



Escrito por Metallicaman às 19h40
[] [envie esta mensagem]



Ozzy diz que sua mansão é mal assombrada

 

Ozzy Osbourne declarou que acha que a mansão que ele tem em Buckinghamshire, na Inglaterra, é amaldiçoada.

 

Motivos para pensar algo assim não faltam. Foi nesse local que Ozzy sofreu um acidente grave de quadriciclo no final de 2003. Ozzy quebrou oito costelas e uma clavícula e deslocou uma vértebra no acidente.

 

No final de 2004 Ozzy teve mais de 3 milhões de dólares em jóias roubados por ladrões que invadiram sua casa de madrugada utilizando uma escada de madeira. O cantor tentou reagir, mas não conseguiu evitar o roubo.

 

No final do mês passado, ocorreu um incêndio na mesma residência, causando um dano de quase duzentos mil dólares.

 

“Toda vez que volto para cá, alguma coisa ruim acontece. Qual será a proxima? ", disse Ozzy.

 

Será que é apenas imaginação ou o " Mister Madman " está certo no que diz?



Escrito por Metallicaman às 19h04
[] [envie esta mensagem]



Dave Mustaine defende os atuais integrantes do Megadeth

Ninguém discute a importancia de Dave Mustaine na cena metálica. Mas, apesar de todo seu talento, todos conhecemos também o lado negativo do líder do Megadeth, sua facilidade em fazer encrencas, brigas.

Foi feita recentemente, uma pesquisa no site oficial da banda, que compara os atuais integrantes da banda, com os antigos, pesquisa a qual deixou o líder Dave Mustaine muito irritado.

Os fãs dão preferencia a formação antiga da banda, e o resultado da pesquisa comprova explícitamente esse fato.

Irritado com isso, Mustaine começou dizendo que o baixista James MacDonough é melhor que David Ellefson. Isso porque este último o processou (e perdeu) enquanto que o ex-Iced Earth só quer tocar Rock.

Já nas guitarras, o atual Glen Drover ganha de Al Pitreli e de Marty Friedman. Pitreli, segundo o músico, é bom, mas nunca gostou muito de estar na banda e costuma dar autógrafos em fotos em cima do rosto de Mustaine. Já Marty Friedman, segundo o líder da banda, prefere acompanhar uma cantora Pop japonesa, onde ele usa quimono e toca de salto-alto plataforma e não quer saber de Metal. Glen ainda ganha de Jeff Young e Chris Poland, pelo mesmo motivo de Mac Donough.

Já o baterista Shawn Drover também é melhor que Jimmy DeGrasso, que nunca esteve muito contente no Megadeth, e de Nick Menza, que não está mais preparado para tocar as músicas do grupo. Mustaine disse ainda que o único que empata com Drover é Gar Samuelson e avisa “Esses são os meus meninos, agora. Ame-os, ou deixe-os. E eu não estou brincando”.

É, o Mustaine continua sem paciência...



Escrito por Metallicaman às 18h32
[] [envie esta mensagem]



Hammerfall novamente em terras brasileiras

A super banda de Power Metal, Hammerfal confirmou mais uma vinda ao Brasil. Isso mesmo!

A Banda ja confirmou uma data, que será em São Paulo ( para variar, São Paulo na mira de destino das grandes bandas internacionais ), no dia 4 de Junho.

Outras datas da tour brasileira do Hammerfall ainda não foram divulgadas, mas serão divulgadas nas proximas semanas, e eu farei questão de informa-los.

Hammerfall no Brasil, a notícia que vai agradar a todos os fãs de Power metal no Brasil.



Escrito por Metallicaman às 18h01
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]


Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, de 15 a 19 anos, Portuguese, English, Informática e Internet, Cinema e vídeo
MSN - Metallicaman-online@hotmail.com



Histórico
01/10/2005 a 31/10/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005


Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Metallica ( Oficial Site )
Metallica´s Page
Amantes do Rock
Carolzinha´s Life
Eu amo o Rock
Poemas e Vida
Witch Rock S@m
Shaaman Reason On Line
A casa Virtual
Rock & Sentimento
Nina Rockeira
Megadeth ( Oficial Site )
Helloween ( Oficial Site )
Def Leppard ( Oficial Site )